Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Domingo à tarde

Domingo à tarde

Seg | 25.02.19

Respeito, qual respeito?

David Marinho

Não é de respeito que escreverei, que o respeito é uma coisa erudita que ficou lá para trás há muitos anos atrás. Vamos aprendendo diariamente a viver sem respeito, numa confusão sem precedentes e de forma solitária, só para criar medalhas em todas as vitórias.

Escreverei sobre a forma como as pessoas conduzem a sua própria confiança, demonstrando uma profunda necessidade de atenção e fazendo das outras pessoas parvas. Às vezes vivem de tal forma numa bolha, que filtram os olhos só para aquilo que entendem gostar, e entendem querer só porque sim. Pior é quando conhecemos os meandros da mentira e mesmo assim encaramos o teatro social de uma forma natural, como se nada fosse, só para vermos onde tudo irá parar.

Não podemos dizer tudo, e não falo de lápis azul porque suponho que censurar seja coisa dos antepassados mas temos de ter cuidado, porque julgamos saber tudo e não sabemos nada de ninguém.

As pessoas são um produto interessante da natureza. De tal forma que, aquilo que nós achamos, muitas vezes se vira contra nós e não sabemos reagir. E vamos vendo o barco passar, rindo e confirmando aquilo que achámos sempre: que não presta para nada, mais aos seus joguinhos de prazer que um dia, talvez, acabem por correr mal.

A luta por território, creio ter ficado enterrado nos tempos medievais. Mas não.