Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Domingo à tarde

Domingo à tarde

Não há forma de conter isto, de conter as pessoas, tudo. As pessoas definitivamente entraram num estado onde o vírus já não entra no pensamento, que o perigo é muito menor que a liberdade que pretendem. 

Percebo que o esforço para a contenção é uma tarefa impossível, mesmo que os números continuem a aumentar em todos os aspectos. Existem mais de 20 mil infectados e até o número ser 0 ou próximo disso, haverá sempre perigo, isto continuará a estar por cá.

Há muitas variáveis em cima da mesa e todas elas humanas. Ninguém se prepara para desfazer rotinas, formas de viver antigas e criar novas completamente do avesso. 

Será que iremos aprender alguma coisa com isto?