Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

28
Mai19

Não gostamos de todas as pessoas que trabalham connosco

David Marinho

É a maior verdade que irão ler hoje. 

Trabalhar é um motivo de força maior para praticamente tudo na nossa vida. Infelizmente somos reféns do dinheiro que compra bens de primeira, segunda ou terceiras necessidades. Não compra felicidade mas é necessário para levarmos isto para a frente.

E trabalhar com alguém que demonstra uma tremenda falta de compromisso, de uma cara de cu impressionante que se vê a 100 metros, é dose. Ninguém merece aturar alguém que tem tanta vontade para trabalhar connosco, como de comer uma roda de um comboio em andamento com vinagre balsâmico. 

Mas ganham tanto ou mais que nós muitas vezes. E sim, o vencimento estratifica a qualidade dos trabalhadores (olha para mim a ser ingénuo), que a justiça se funcionasse, talvez não me sujeitasse a tamanha façanha, de aturar aquela gentinha que espera como nós pelo fim do mês, só que desde o dia 1 sem fazer nada.

Resultado de imagem para bad coworkers

27
Mai19

Quem se espanta com esta abstenção?

David Marinho

Como é que, em pleno 2019, ainda há pessoas que se espantam com estes números?

Isto só significa um colher natural dos anos e anos de ignorância política, não ensinada nas escolas, não explicada às populações, não concretizada junto dos mais novos, que vão crescendo num total desconhecimento e alienação sobre os conceitos mais básicos da democracia, do país e do mundo.

Pior é viver num país que não vota em programas políticos mas em caras, em partidos em detrimento de outros só porque não gostam deste ou daquele, de forma cíclica ao longo dos anos. 

A política além de se não renovar, não se quer renovar. 

Somos prisioneiros de ideologias, de nomes que estão demasiado gastos e completamente deslocados da actual realidade. As pessoas assim também desligam o botão e vão à vida delas. Ainda por cima estava tão bom tempo...

E o que significou estas eleições? Que rumo a tomar? Que ideias? É que só ouvi falar de políticas internas, de batalhas uns contra os outros mas...e a Europa?

brexit-eu-europe-113885.jpg

 

 

17
Mai19

Trabalhar para sobreviver

David Marinho

Isto acontece, não é?

Trabalhar é uma necessidade mas tem de ser natural. Trabalhar sem o mínimo prazer, apenas pelo dinheiro, pode ser perigoso para a nossa forma de estar na vida, a nossa cabeça, tudo. E isto é totalmente independente do brio que possamos ou não ter.

Mas sermos úteis é uma necessidade também, não só na nossa vida profissional como na pessoal. É sermos úteis que nos faz mover, atingir objectivos e preencher o nosso ego. A nossa confiança é metade do nosso ego.

Não sermos úteis mata-nos a ambição do que estamos a fazer, levando-nos a procurar onde podemos ambicionar algo melhor.

Mas tem de haver definição, condições e organização. Trabalhar sem rumo não é trabalhar, é sobreviver.

agenda-analysis-business-plan-990818.jpg

 

Pesquisar

Compra já!

Bertrand

20% a 50% em TODOS os livros - Mrec

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D