Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Domingo à tarde

Senta-te, desfruta e serve-te enquanto vou ali fazer uma sestinha

23.Set.18

Encaixotar memórias

David Marinho
Tudo fica encaixotado se não é vivido agora, ok? Tudo é memória, alguma dela a fundo perdido, que se vai afundando em lugar algum, algures no espaço. Não temos capacidade para guardar tudo, com os detalhes todos, na forma correcta, e ainda ter de organizar nas gavetinhas, por importância e prioridade, tudo o que nos aparece à frente. E perceber este conceito não é fácil.  Há pessoas, há momentos que entram e saem à mesma velocidade, e não temos o dever de as guardar. Não (...)
21.Set.18

Queres o meu casaco?

David Marinho
Eu bem vi quando o frio cresceu na nossa direção.Nunca foste de pedir agasalho, muito menos de queixares-te ao tempo o frio que está. Seguravas sempre o maxilar para não começares a bater o dente, enquanto lançavas impropérios só porque o vento ficou feio à medida que a noite avançava.Sempre adorei esse teu jeito doce para rejeitar qualquer ajuda que fosse, à força de uma mulher que quer à força ser independente de tudo e todos. Mas dei-te o meu casaco.Eu sei, demoraste 5 (...)
19.Set.18

Trabalhar e estudar ao mesmo tempo

David Marinho
É um assunto que domina um grande número de pessoas que, começando na maioria das vezes por questões financeiras, se vêem obrigados a ter de trabalhar para pagar os estudos. Quem o faz mais tarde (já com emprego), fá-lo por questões de carreira ou apenas como um balão de oxigénio, caso se vejam obrigados a lutar por um emprego, tendo os estudos um ponto a favor. Em todos os casos, o problema é o mesmo: falta de tempo e paciência. A falta de tempo é notória, porque o trabalho (...)